Home Blog

0 19
Voluntários foram ao local na quinta-feira (29) para recolher os animais. Não há informação de quem pode ter abandonado os cães na região.

Voluntários de ONGs protetoras dos animais foram a Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, na tarde de quinta-feira (29), recolher cerca de 50 cães que foram abandonados na ERS-040. Segundo o funcionário de uma empresa próxima ao local, os animais foram deixados no último sábado (24), mas não há informação sobre quem é o responsável pelo abandono, como mostra a reportagem do Bom Dia Rio Grande, da RBS TV.

A Prefeitura de Viamão, que não conta com canis na cidade, afirma ter sido informada sobre a situação na última terça-feira (27) e disse que pediu auxílio às ONGs protetoras de animais.

Maria Eneida Freitas da Silveira, dona de um sítio em Viamão onde cuida de mais de 400 animais abandonados, é uma das pessoas que foi ao local. “Tinham filhotes, cadelas prenhas, adultos, machos, um com a patinha quebrada, atropelado”, explica. No momento em que os voluntários chegaram para atender os cães, havia cerca de 20 animais. O restante já havia se dispersado.

Para doar ração ou ajudar com despesas de veterinário e outros cuidados, basta entrar em contato com Maria Eneida através do telefone (51) 9302-2380. Os cães encontrados na ERS-040 foram encaminhados para o seu sítio.

Fonte: G1

0 15

O resultado das eleições, em Viamão, além de não eleger nenhum dos candidatos locais, mostraram a derrocada de alguns, o não alcance dos objetivos de se projetar para a eleição de 2016, de outros, e a reprovação de governos e partidos. Geraldinho (21.000 em 2010); (16.000 em 2012); (12.000 em 2014) e Serginho do PT(6.408 em 2002) e 4.496 em 2014) em franca decadência deixam de ser opção para prefeitura em 2016. Valdir do ET (978), Eugênio Freitas(897), Chiquinho Mariano(839), Gislaine Pacheco (535), Sônia Ciarlo(303), Durbe Petry(188) e Paulo do Sopão (082) mostraram potencial que não lhes levam, se quer, a vereança. Os 9.066 votos de Maninho Fauri, são uma vergonha diante dos gastos para faze –los, que foi em torno de R$ 300.000,00. O candidato do Bonatto, Mauro Saraiva Júnior fez os inexpressíveis 5.736 votos para um candidato de Prefeito, o que pode representar reprovação da gestão. Sarico, que sempre fez mais de 4.000 votos para seus candidatos nas eleições anteriores, fez apenas 1.644 votos para Costella. O vereador Bennech (4.014), Leandro Aguirre (3.923) e Ailtom Machado (2.339) não poderão dar qualquer salto diferente do que já deram em 2012, ou seja, lutar por vagas na vereança.

ROMER, FOI O GRANDE VENCEDOR…

Dos que não concorreram podemos analisar o seguinte, Dédo nome mais forte do PT à Prefeitura em 2016, mesmo com muito dinheiro e não conseguiu reeleger seus candidatos obtendo votações pífias em Viamão e Nadim (PP), retirou sua candidatura a Deputado estadual no último instante por que não tinha o apoio do partido na cidade e apostou na condição de ser o coordenador da campanha de Ana Amélia para Governadora e, ela se elegendo, tornar-se o seu candidato na cidade. Ana Amélia deu no que deu e Nadim não se projetou e a cidade sabe que não tem apoio do partido, não lhe restando, mais uma candidatura a vereador.

Resultado, se deu bem quem não concorreu, como Romer Guex, que com campanha organizada para deputado estadual, viu que o excessivo número de candidatos da cidade não elegeria ninguém e que sua candidatura só serviria para ludibriar o eleitor afirmando esta possibilidade, resolveu não concorrer. Sem ter sido testado, continua, no imaginário dos viamonenses, como o político com maior potencial eleitoral para as próximas eleições, caso Bonatto não concorra. O PSOL, sem candidaturas fortes para os governos nacional e estadual e sem candidatura de expressão na cidade, manteve-se na 5ª e 6ª maior preferência de legenda no município, vencendo inclusive as legendas de PP e PSB que tinham Geraldinho na cidade, Ana Amélia e Marina para os governos.

0 24

TCE-RS entrega lista de gestores que podem ser declarados inelegíveis 

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) entregou, na última segunda-feira (3), a lista com os nomes dos 327 gestores com contas reprovadas, ou com parecer contrário a aprovação no caso dos prefeitos, nos últimos oito anos ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O documento foi entregue pelo presidente do TCE-RS, Cezar Miola, ao presidente do TRE, Marco Aurélio Heinz. A entrega cumpre a legislação eleitoral que determina o envio das informações até o dia 5 de julho do ano da eleição. “Os eleitores podem acompanhar de forma permanente o resultado do exame das contas dos gestores públicos através do Portal TCE”, lembrou o presidente do TCE-RS, ao entregar a relação de nomes. A lista pode ser acessada no link http://alturl.com/dcrok. A partir das informações, a Justiça Eleitoral irá avaliar os casos de inelegibilidade. Conforme a legislação, os declarados inelegíveis não podem se candidatar a cargo eletivo nas eleições que se realizarem nos oito anos seguintes, contados a partir da data da decisão.

Além de constar desta lista, o ex-Prefeito do PT, foi também condenado criminalmente por sua gestão e, se seu recurso perante o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul não for procedente, será considerado inelegível definitivamente.